A Place With No Name foi o fim da promoção do álbum XSCAPE

Após o lançamento do single líder de sucesso “Love Never Felt So Good” — ‘‘XSCAPE’’ continuou a vender de forma constante em todo o mundo. Graças a participação de Justin Timberlake, mais de 180 milhões assistiram as várias versões do “Love Never Felt So Good” —ganhando o certificado de Platina pela RIAA por vendas superiores a 1 milhão de cópias nos Estados Unidos. O segundo single oficialmente lançado pela Epic Records foi “A Place With No Name” . Para dizer sem rodeios, o single foi um fracasso gigantesco, com uma promoção desastrosa, equivocada e confusa. Enquanto “Love Never Felt So Good” foi o single de melhor desempenho de Michael Jackson em mais de uma década, “A Place With No Name” era exatamente o oposto. De fato, “A Place With No Name” foi um dos singles de Jackson de pior desempenho de todos os tempos — ao lado do lançamento póstumo “Hollywood Tonight / Behind The Mask” no início de 2011. Nenhum dos dois singles entraram no Billboard Hot 100. Ambos atingiram o topo do Top 200 do Reino Unido — “Hollywood Tonight / Behind The Mask” no # 152 e “A Place With No Name” em # 172. Isso, é claro, não é de forma alguma a culpa de Michael Jackson. Ele não está aqui para completar sua própria música e escolher as faixas para lançar ou participar da campanha promocional. Sony / Epic Records e o Espólio de Michael Jackson decidiram entrar em uma campanha de mídia social para o lançamento do single “A Place With No Name”, permitindo que o Twitter estreasse mundialmente o video musical da música. Ele também foi mostrado simultaneamente na tela da Sony em Times Square, Nova York. Na minha opinião, a decisão de iniciar exclusivamente através do player do Twitter, em vez de simplesmente carregar o vídeo no YouTube como de costume, foi um grande erro. Para começar, o player do Twitter sucedeu de vários bugs. Eu, pessoalmente, não consegui assistir e congelava a imagem a cada de 3–4 segundos. Enquanto alguns fãs afirmaram não ter tido problemas, outros relataram que não conseguia assistir— nem mesmo por alguns segundos. Se o vídeo fosse carregado no YouTube desde o primeiro dia, e incorporado em uma publicação na página do Facebook de Michael Jackson, teria sido exposto a milhões de fãs. Além dos problemas de lançamento do vídeo, “A Place With No Name” não foi lançado como um single no iTunes. Esta foi outra grande queda da música fazer qualquer tipo de impacto nas paradas. Imediatamente após a estréia do sucesso “Love Never Felt So Good”no iHeart Radio Music Awards, duas versões — a solo e a versão JT — foram lançadas no iTunes como “singles”. Os “singles” poderiam ser comprados por fãs ao redor do mundo, e rapidamente começaram escalar o Top 10. No entanto, quando o vídeo “A Place With No Name” foi lançado, não havia nenhum “single” disponibilizado no iTunes para que os fãs pudessem comprar. A Sony e o Espólio simplesmente esperavam que o público buscasse a trilha individual do álbum ‘XSCAPE’. Como consequência disso, juntamente com o fato de a Sony não anunciar o single na página inicial do iTunes, a faixa nunca entrou para as tabelas do iTunes, deixando de entrar no Top 200 em qualquer mercado importante. Nos dias e semanas após o chamado “lançamento” de “A Place With No Name”, as plataformas oficiais de mídia social de Michael Jackson aparentemente agiram como se não existisse. Em vez de encorajar os mais de 70 milhões de fãs que “gostam” da página do Facebook de Michael Jackson para assistir o vídeo e comprar o single (inexistente), aqueles que dirigem a página publicavam curiosidades de outros álbuns. Isso, apesar de não ser negativo, não favoreceu o desempenho do vídeo “A Place With No Name” ou “single”. Foi o fim da promoção do álbum ‘’XSCAPE’’.

por Damien Shields, escritor e fã de Michael Jackson

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *