Michael Jackson não construiu o Rancho Neverland para seu próprio ego, mas sim para oferecer alegria às crianças. O rancho, localizado na Califórnia, tornou-se um santuário onde comunidades carentes de todo os Estados Unidos eram convidadas quinzenalmente para um dia repleto de diversão. Tudo era pago por Michael, incluindo alimentação e acesso irrestrito a todas as atrações do lugar.

Neverland não era apenas um parque, mas um símbolo do altruísmo de Jackson, que queria proporcionar momentos inesquecíveis para aqueles que mais precisavam.

A criação de Neverland também foi a realização de um sonho de infância para Michael. Enquanto passava longas horas no estúdio gravando músicas, ele via crianças brincando do lado de fora, mas não podia deixar seu trabalho para se juntar a elas. Esse desejo de ter uma infância normal e de brincar como qualquer outra criança se materializou em Neverland. O rancho era, portanto, um espaço onde ele poderia, finalmente, ser ele mesmo, longe dos flashes e julgamentos incessantes da mídia e do público.

Neverland oferecia a Michael um refúgio onde ele podia escapar das pressões de sua vida como superstar. O rancho permitia que ele se desconectasse do mundo exterior e vivesse momentos de paz e felicidade genuína. Era um lugar onde ele se sentia livre para ser ele mesmo, sem a constante vigilância e os julgamentos que o acompanhavam por toda parte. Para as crianças que visitavam, Neverland era um mundo mágico, um local de sonhos e esperança.

Infelizmente, esse santuário foi manchado por acusações e maldades. Pessoas mal-intencionadas levantaram falsas acusações contra Michael, transformando seu paraíso em um pesadelo. A angústia e a dor causadas por essas acusações injustas levaram Michael a tomar a dolorosa decisão de nunca mais retornar ao lugar que ele tanto amava. Neverland, que antes era um símbolo de alegria e generosidade, tornou-se um local de tristeza e perda para Jackson.

Em 2020, o rancho foi adquirido por Ron Burkle, um amigo de longa data de Michael. Burkle se comprometeu a manter a essência de Neverland, preservando sua aura de encantamento. No entanto, a magia original que Michael infundiu no lugar se perdeu com o tempo e as adversidades. Embora Burkle mantenha o rancho, a alma de Neverland, aquela criada por Michael Jackson com tanto amor e dedicação, parece ter desaparecido, deixando para trás apenas lembranças de um tempo em que a bondade e a alegria reinavam.

6 Comments

  1. Michael era extremamente generoso! Quanto mais ouço sobre ele…mais apaixonada fico! Ele é meu grande amor! Eternamente!

  2. Todas as vezes que leio sobre Neverland, meu coração dói e os meus olhos choram. Graças a Deus Michel Jakson hoje está acima de tudo isso.

  3. Michel Jakson foi e ainda é um fenômeno mundial. Pra mim ele foi um enviado de Deus em forma de humano. Por tudo que tentaram fazer de ruim com ele, não conseguiram. O mal jamais vence o bem. Ele foi um anjo aqui na terra. Um presente que Deus nos deu. Hoje ele esta protegido no Céu, alegrando o Céu, e eternamente na nossa lembrança.

  4. Era trabalho muito lindo que deveria ter continuidade, sou apaixonada e fã.

  5. Passei minha adolescência dançando suas músicas,sou eternamente apaixonada por Michael Jackson, nunca haverá alguém que o supere,ele foi magnífico!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *